O reggae jamaicano poderá se transformar em Patrimônio Intangível da Unesco

O governo jamaicano anunciou na terça (dia 9/02), através da sua conta no Twitter, o interesse em transformar o ritmo reggae em Patrimônio Cultural Intangível da Unesco. O Ministério de Cultura da Jamaica deu início ao processo de inscrição junto a organização das Nações Unidas.

De acordo com as explicações de Janice Lindsay (diretora da Divisão de Indústrias e Culturais e Criativas do Ministério) será nomeado um comité que preparará a proposta como objetivo de apresentá-la em 2017, provavelmente em março. Ela afirmou, ainda, em entrevista nos sites de notícias, que a intenção é proteger a história distintiva do reggae e deixar às gerações futuras a importância do legado que tem fãs no mundo todo, mostrando que o ritmo é uma das evidências da “origem e distinção do que é ser um jamaicano”.

O título da Unesco é atribuído às diversas formas de expressões culturais pelo mundo, como uma garantia de melhor proteção e consciência da importância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *